Ofertas, saberes e interesses

Oferta
Mab-Pe oferece Adoção de Animais

Princesa Hanna - Para adoção

2 anos

Médio porte

Vermifugada / Vacinada / Castrada

Excelente para companhia - Crianças e adultos

Extremamente dócil - Adora Carinho

Anda junto

Muito boa para apartamento

 

Resgatada de situação de abandono.

Tratada, restabelecida sua dignidade, agora está pronta para ter um lar para chamar de seu, junto a pessoas que a amem por toda a sua vidinha.

Contato: (81) 9601.2222 / 8591.7375

E-mail: adotemabpe@gmail.com

Face: Mab-Pe

Região de Olinda, PE
Oferta
Mab-Pe oferece Adoção de Animais

Duquesa - Um sonho de gatinha para Adoção

 

1 ano de vida

Vermifugada /Castrada/ Vacinada

Charmosa e brincalhona

 

Aguarda a oportunidade de ser mais feliz tendo um lar e pessoas especiais que cuidem dela com muito amor e carinho.

CONTATO: (81) 8854.6991

E-mail:  adotemabpe@gmail.com

Face: Mab-Pe

Região de Olinda, PE
Saber
Luiz Arthur sabe Formação no Cirandas

Região de Niterói, RJ
Interesses
Rogerio está interessado em Edição de vídeo
Região de Salvador, BA
Interesses
Leandro está interessado em Livros, revistas e jornais
Região de São Paulo, SP
Interesses
ValessioBrito está interessado em Desenvolvimento de Sites, Sistemas e Softwares
Região de Salvador, BA
Oferta
Carlos Lunna oferece Pesquisas Sociais

Realização de pesquisas sociais, participando de todas as fases do processo ou algumas delas*:

- Elaboração do projeto de pesquisa

- Coordenação da pesquisa

- Pesquisa de campo

- Grupos focais

- Elaboração de questionários

- Aplicação de questionários

- Coleta de dados

- Tratamento de dados

- Análise de dados

- Transcrição

- Relatório de pesquisa

- Apresentação dos resultados

*O valor do transporte é de 60,00 reais apenas p/ a região metropolitana do Recife. Para outros locais, o transporte é a combinar, sendo eliminado este custo caso o contratante se comprometa totalmente com o transporte ou o valor reduzido, caso o contratante se comprometa com alguma parte do trecho.

O valor da hora aula pode ser negociado em moeda social, todo ou parte dele e pode ser reduzido conforme a quantidade de horas contratadas.

Interesses
EITA está interessado em Mandioca
Região de Novo Hamburgo, RS
Interesses
Leandro está interessado em Ferramentas e Equipamentos elétricos e eletrônicos
Região de São Paulo, SP
Oferta
Janeiro Arquitetura oferece Projetos de arquitetura

 PRODUÇÃO DE PROJETOS E SOLUÇÕES ARQUITETÔNICAS GERENCIADO PELO ARQUITETO LEONARDO FREITAS, ONDE OS CONCEITOS DE ECONOMIA E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E BIOCLIMATISMO APLICADOS DESDE O PRIMEIRO TRAÇO NA PRANCHETA PARA A RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES PROJETUAIS.

VALOR R$75,00 / m² projetado.

 

 

 

Região de Rio de Janeiro, RJ
Oferta
Que o Melhor Para Todos Aconteça Sempre! oferece CONSULTA MÉDICA - CLINICA GERAL E MEDICINA INTEGRATIVA - LOCAL E A DOMICILIO

ATIVIDADES:

  1. 1. Atendimento em CONSULTÓRIOno Espaço Integração, Granja Viana, Cotia.

2.   AtendimentoA DOMICÍLIO ( se não for urgência ou emergência, e conforme distância e caso).
3.   Atendimento a ESTRANGEIROS (inglês  ou francês).
4.   CHECK-UP integrativo com foco na prevenção de sintomas e doenças para adultos.
5.   Orientação SALUTOGÊNICA, individual, familiar e/ou a grupos.
6.   SARAU DA SAÚDE – reuniões domiciliares (uma noite de 2ª a 6ªf (4 horas de duração) ou sábados de dia (10 as 18hr com almoço vegetariano) para famílias e amigos: atividades, artes
e gastronomia no tema Saúde para Todos.
7.   PALESTRAS / WORKSHOPS para grupos empresas, hospitais, clínicas, sobre Saúde-Doenças-Sintomas – Doenças Crônicas ( tabagismo, Diabetes Mellitus,
Hipertensão, Artrose,  Artrites, Enxaqueca, Obesidade, Depressão e outras doenças crônicas), Humanização, Saúde e Meio Ambiente.
8.  Programas de DETECÇÃO E GERENCIAMENTO de Doenças Crônicas para EMPRESAS
9.  Atendimento em PSYCH-K, método simples e direto que utiliza técnicas de Equilibrio dos Hemisférios Cerebrais, Cinesiologia para a Reprogramação de Crenças limitantes em nível subconsciente, e seu alinhamento como Eu superior,  e consequente mudança de comportamentos autodestrutivos, evolução individual e global. 

 

O objetivo da Medicina Integrativa é retornar às bases – “ver o paciente como uma pessoa integral, completa”. O paciente não é a sua doença, em detrimento de outros fatores importantes como família, comunidade, espiritualidade e estilo de vida.

Muitos médicos buscaram na Medicina o caminho para fazer o máximo para que o paciente melhore. Mas em algum lugar dessa trajetória, a realidade os fez compreender que a medicina vem sendo gerida como um negócio – e negócios dizem respeito a dinheiro. Companhias de seguro, farmacêuticas e governo, todos contribuem para que a consulta com o médico dure o menos possível – 10 a 15 minutos. Tempo suficiente para fazer um breve exame, e pedir alguns testes, mas nunca para chegar a conhecer e compreender o paciente. Uma longa e triste trajetória levou a Medicina a esse ponto, e não é o objetivo aqui discuti-la. Mas é fato que médicos e pacientes estão frustrados e isso tem aberto espaços em instituições de pesquisa, hospitais, unidades de saúde e consultórios médicos às propostas de novos modelos e novos olhares para um contexto que hoje parece doente – um sistema de assistência à saúde frágil, fragmentado e com incômoda freqüência, não eficiente.

Nos conceitos dos sistemas orientais de cuidados à Saúde, não se divide o corpo em partes: o paciente é um todo, integrado, incluindo mente, corpo, energia, hábitos e ambiente. A Medicina Integrativa é uma prática voltada à Saúde e cura,  não a sintomas sao que não queremos… não é lógico?… Tudo em nossas vidas – o que pensamos, como nos sentimos, no que acreditamos, o que fazemos, dizemos, nossos hábitos, movimentos, alimentação, ambiente, trabalho, relacionamentos, comunidade, espiritualidade – TUDO afeta nossa saúde e bem estar.  Espero viver para ver o dia em que a cultura médica se conscientizará deste fato. Esta é, sem dúvida para mim hoje, a chave para aquisição da saúde individual, e para mudanças sociais nos padrões de saúde atuais.

Parece fácil, mas é um movimento que remxe de forma estrutural toda a base de ensino e prática em cuidados à saúde, causando, obviamente, muitas reações.

Uma delas, é que o paciente sai de uma postura tida até há pouco tempo, como “passiva” e começa a ser visto como o principal agente responsável por sua melhora.

O que há por trás desse paradigma é a capacidade intrínseca do ser humano de recuperação e auto-cura, embora isso não seja ensinado nem mesmo nas Faculdades de Medicina…ainda. O que, de certa forma, dificulta o trabalho ao Medico praticante desta Filosofia, já que o paciente, em geral, espera sair da consulta com prescrições para a sua dor de cabeça diária, outra para a dor na coluna… e também para o intestino preso. E claro, sempre a do diabetes e daquela micose no pé que leva meses para sumir, e sempre acaba voltando. A novidade é que o ácido úrico subiu, e a balança apontou um pequeno desastre de mais 3,5 kg…. Não raro pessoas tomam 5 , 6, 8 ou mais comprimidos ao dia. Dedicam parte do tempo acordadas a organizar o horário de tomadas de remédios e parte da vida a agendar consultas, e a se deslocarem para e de consultórios, e para e de laboratórios. Para cada mal, um consultório: o oftalmologista, o endócrino, o fisioterapeuta que o neurologista indicou, o cardiologista da pressão alta, e claro… o plástico, pois ninguém é de ferro para tolerar os pneuzinhos, e , com tanta dor e tanta consulta, não sobra muito tempo para exercícios …

Em Saúde, a principal – e primeira opção – é SER E MANTER-SE SAUDÁVEL. Para isso, todos os recursos de manutenção de equilíbrio global do ser humano estão disponíveis:  na Natureza, nos alimentos, nos bons hábitos, e nos pensamentos criadores de realidades de amor, paz, abundancia e alegria. Isso é SAÚDE.

Quando não se tem isso, então, lançam-se mão das “alternativas”: antibióticos, antidepressivos, ansiolíticos, antiinflamatórios, hormônios, antipsicóticos, indutores de sono, corticosteróides, antineoplásicos, quimioterápicos, vitaminas, antivirais e incontáveis outros…

Cortar e abrir o indivíduo, extrair-lhes órgãos, modificá-los, instalar pontes que auxiliem o fluxo do sangue, obstruído por décadas de maus hábitos alimentares, fumo, bebida, noites mal dormidas, sedentarismo, sobrepeso ou obesidade, mau humor, brigas, mágoas e agressões em família e no trabalho… Há diversas formas de intervenções, essas sim, a meu ver, que são ALTERNATIVAS. São as que se devem praticar, quando a principal e primeira medidas e condutas deixaram de ser tomadas em algum nível, em algum tempo. A intervenção principal, efetiva é o AUTOCUIDADO, CONSCIÊNCIA e AMOR POR SI MESMO. Se não está nesse território, então, o ser humano deve aceitar que precisa mudar… E esse é , em minha experiência, o objeto da DOENÇA e dos SINTOMAS: a correção do rumo – MUDANÇA. Nada fácil, porém, de iniciar…

Por muitos anos, “Medicina” era a prática de tratar-se condições físicas com drogas sintéticas e cirurgias. Isso passou a chamar-se “Medicina Convencional”, aquela que hoje a maioria das pessoas ainda encontra nos hospitais e consultórios. Em geral, cara e com freqüência, invasiva,  é também muito adequada e oportuna em urgências e emergências. A tecnologia é desejável nas salas de emergência e cuidados intensivos. Muitas das práticas são validadas cientificamente,  nem todas… bem como muitas das “alternativas” são validadas, nem todas…

Não  há resistência cega, nem aceitação sem críticas, a métodos que sejam apropriados, “convencionais” ou “alternativos” – não incentivemos o preconceito às nomenclaturas –  mas sempre, a preferência por soluções as mais naturais e menos invasivas, na busca de facilitar a resposta intrínseca de cura, que todos possuímos.

Entretanto é fato que privilegiar a diagnose (dimensão teórica) em detrimento da terapêutica (dimensão prática) acarreta umadesvalorização do individuo, uma vez que se prioriza a doença.

Até mesmo se se concebe a deonça como entidade com existência própria, no intuito de se mapear sua origem, mecânica/funcionamento, cria-se assim uma Ciência da Doença.

Ao mesmo tempo em que se esclarece muita coisa, há – e assim tem sido – o grande risco de se considerá-la como um fim em si mesma. Isso deixa de lado a dimensão social do processo de cura,  uma vez que há, além da dimensão racionalista/científica (algo importante, mas que não tem caráter de privilégio…) há também dimensões não científicas, subjetivas, não mecânicas.

Então, a terapêutica médica é um dos constituintes do UNIVERSO DA TERAPEUTICA, sem reduzi-la somente à terapêutica medicamentosa e à cirurgia, instâncias onde é possível a busca de cientificidade, segundo o modelo dominante atual.

A TERAPEUTICA diz respeito ao processo do “saber lidar”, do tomar a decisão acertada, da conduta médica.  Intervenção que demanda saberes, tanto no âmbito da cultura, quanto no da biologia – fisiologia e da farmacologia.  A conduta médica (terapêutica) obedece a razões de várias ordens: das disciplinas científicas ou auxiliares da Medicina, da cultura, da corporação médica, razões econômicas, sociais e outras.

Medicina Integrativa combina terapias médicas convencionais com complementares e alternativas para as quais haja evidência de qualidade na segurança e eficácia de  uso. Sem dogmas, orientais ou ocidentais.

Apenas a filosofia de dar e fazer o melhor possível, sem preconceito, de forma segura, para ajudar o paciente a encontrar melhora ou cura, considerando-o como um sistema completo e complexo, com história recente e ancestral, corpo, mente, espírito, energia, estilo de vida, meio-ambiente, crenças e valores.

O processo de cura pressupõe a parceria entre paciente e profissional; o uso apropriado de métodos convencionais, complementares e alternativos que facilitarão a resposta inata de cura do organismo; consideração de todos os fatores que influenciam saúde, bem estar e doença, incluindo mente, energia, comunidade e corpo; não há rejeição a práticas convencionais ou aceitação acrítica de práticas complementares  e alternativas; sempre deve haver abertura a novos paradigmas.

Tem sido essencial para mim – e desafio e objetivo diários – praticar no ato da consulta, o que levei muitos anos para compreender, em estudo e busca individual, ajudada por muitos: que buscar facilitar a chegada ao ponto de equilíbrio e a resposta curadora no outro, com amor, compaixão e gratidão é o mesmo processo em que me trabalho continuamente em meu próprio auto-conhecimento, auto-desenvolvimento e conseqüente auto-cura. Isso, a Física hoje já afirma e desenha: “somos todos um”.

Você é bem mais do que apenas carne, pele, órgãos  e ossos. Como quer que um medico aborde você, para obter o seu melhor cuidado?…

Médica especializada em Clínica Médica e Nefrologia (HC-FMUSP) e Homeopatia (IBEPH). Pós Graduação em Teorias e Técnicas em Cuidados Integrativos(UNIFESP) e Mestrado em  Medicina Interna e Medicina  Baseada em Evidências (UNIFESP). Cursou Ciências Sociais e Humanas (USP) por por dois anos e meio. Cursos diversos em Filosofia, Religiões, Medicinas Tradicionais e membro há um ano de Grupos de Estudo em Astrologia Médica & Astrodiagnose, Filosofias Cristãs e Xamanismo. Lecionou Medicina BAseada em Evidências por 12 anos na  Escola Paulista de Medicina. Dez anos na indústria farmacêutica/biotecnológica multinacional como executiva em Pesquisa Clínica e Suporte Técnico Médico em diferentes áreas terapeuticas. É médica clínica em Unidade Básica de Saúde Integral e de Ensino da Fundação Faculdade de Medicina-USP e atua no Hospital Samaritano, implementando projeto de Humanização e Cuidado aos Cuidadores e Profissionais do Hospital.

Para pessoas a partir de 11 anos.

Eleonora Lins – CRM 52.013
CONTATO: conscienciaesaude@terra.com.br
+ 55 11 94261-2135 ( deixar recado) 

Saber
Forno Harmônico sabe S.E.M.E.I.A. - as outras estações

Região de São João del Rei, MG
Interesses
ValessioBrito está interessado em Produtos áudio-visuais e de comunicação visual
Região de Salvador, BA
Oferta
Doppamina - HC oferece Shows

Apresentação musical com repertório de show constituído de músicas autorais e covers de bandas nacionais e interncionais. A duração do show varia entre 1:00 e 1:30, o principais segmentos musicais abordados são o Hardcore e o Regional. Durante a apresentação acontecem discursos e intervenções performáticas.
A banda instiga o espectador a uma auto-reflexão sobre o cenário Sócio-Político-Ambiental do Brasil e do Mundo e o papel do cidadão comum nesse contexto. 
 

Região de Serra Talhada, PE
Interesses
Rogerio está interessado em Oficina de roteiro cinematográfico
Região de Salvador, BA
Interesses
EITA está interessado em Macaxeira
Região de Novo Hamburgo, RS